sexta-feira, 28 de maio de 2010

Passos Do Coco

A princípio, era dançado em roda formada com pares, acompanhando a cadência de ritmos especiais, quando os participantes cantando, trocavam umbigadas com seu par e a moça do par vizinho em movimentos bem sincronizados.

O Coco sofreu várias alterações, a partir do surgimento do baião nas caatingas nordestinas, sendo criado então o Coco de Visita, que também é dançado em roda de pares.

O cantador de emboladas, também chamado tirador, é quem anima a festa, iniciando a cantoria quando dois ou três pares saem da roda para o centro e dançam sacudindo e trocando umbigadas entre si.

Depois se colocam na frente de outros pares da roda com quem também trocam umbigadas, enquanto os "visitados" se dirigem para o centro, dançando e sapateando. Esta modalidade de Coco desapareceu e hoje os pares não mudam e não trocam umbigadas.
Dançam dia e noite, com sapateado forte, como se pisoteassem o solo em uma aposta de resistência.


Menu Principal



Fontes:

Kilma & Cia Lunay

Memorial Pernambuco

Viagem de Férias

Danças Floclóricas Brasileiras

2 comentários:

Carolina disse...

Nunca tinha ouvido falar nesse ritmo XD
Muito legal! É sempre bom conhecer coisas novas.. :)

Unknown disse...

Trabalho de dança 🙄

Postar um comentário